Laudo de Avaliação, Avaliação de Imóvel, Avaliação de Máquinas, Avaliação Patrimonial e Perícias

Avalor
Laudo de Avaliação, Avaliação de Imóvel, Avaliação de Máquinas, Avaliação Patrimonial e Perícias

Avaliação de Intangíveis
Jan 24th 2012, 20:03

Laudos Técnicos de Avaliação de Intangíveis
Avaliação de Bens Intangíveis Este serviço vai avaliar os bens intangíveis como marca e patentes, direitos, licenças, etc., de Entidades do Terceiro Setor, tais como ONG´s, OSCIP´s, Associações, Fundações, Organizações Religiosas, Organizações Sociais e Filantrópicas. É útil lembrar que a maioria dos Balanços Patrimoniais não reflete o patrimônio efetivo das Entidades, tanto assim, que os empreendimentos de alta tecnologia como informática, ou de serviços como auditoria ou agências de publicidade, com baixíssimo valor patrimonial, são valoradas muito acima disto. O valor econômico deve ser elaborado por empresa avaliação, de acordo com a legislação vigente sendo o instrumento necessário para o reconhecimento destes ativos nos Balanços e Demonstrativos da Entidade. Hoje, uma das metodologias prediletas é o Fluxo de Caixa Descontado, ou seja, o valor presente dos fluxos de caixa futuros esperados. Dessa forma, os resultados futuros esperados substituem o valor da fábrica, equipamentos, veículos, instalações, estoques, passivo exigível, etc. As privatizações no Brasil têm usado este método e estão aumentando os sistemas formais e informais de regulamentação. A IFRS 3 (International Financial Reporting Standard) do Reino Unido, FASB (Financial Accounting Standards Board) americana, dentre outras, possuem diversos mecanismos de reconhecimento e contabilização de intangíveis, enquanto as diretrizes da Sarbanes-Oxley são essencialmente ligadas a fatores intangíveis de administração das entidades/empresas.  

Utilização legal de Avaliação Ativo Intangível

Fundamentalmente, é preciso entender que o valor monetário desses ativos não se revela ou se sustenta nos casos de sua iminente liquidação. É importante compreender que a melhor avaliação orientará seguramente a respeito da capacidade de renovação, valorização e remuneração dos intangíveis. Em condições normais, não são necessários cuidados legais extraordinários com os ativos intangíveis. Este procedimento deve ser elaborado conforme determinação da Resolução do CFC No. 1.139, que aprovou a NBC T 10.19, que entrou em vigor em 28.11.2008. Devido ao crescente interesse e desenvolvimento da ideia de valorização dos ativos intangíveis, bem como, a dependência crescente dos recursos humanos, temos percebido que o Judiciário brasileiro tem recorrido bastante ao conhecimento especializado dessas questões, ainda que, não muitas vezes, tem recebido respostas compreensivas, em harmonia com as melhores práticas internacionais. A avaliação eficiente é capaz de oferecer decisões seguras a respeito do uso legal dos ativos intangíveis.

Laudo Técnico de Avaliação Ativo Intangível

É um documento de credibilidade e responsabilidade legal. Para materializar a existência dos ativos intangíveis, o documento deve reunir um conjunto mínimo de dados, tais como perfil, objeto social e histórico da titular dos ativos; identificação, caracterização, organização e propriedade legal dos ativos intangíveis; critérios e objetivos da avaliação; metodologia da avaliação. Deve, ainda, constar a forma de contabilização dos valores avaliados.O post Avaliação de Intangíveis apareceu primeiro em Avalor.

Avaliação Econômica
Jan 24th 2012, 19:30

Ao se valer de uma estrutura técnica e apurada visão empresarial, a Avalor expõe os reais valores e condições de mercado da atividade econômica em estudo e, por meio disso, leva aos seus clientes as informações valiosas de que necessitam sobre avaliações econômicas para que sejam tomadas decisões de planejamento estratégico.
Alguns serviços prestados
  • Estudos de viabilidade técnica, econômica e financeira de projetos;
  • Avaliações econômico-financeiras;
  • Análises de investimentos;
  • Estudos de mercado;
  • Avaliações de bens intangíveis (good-will, fundo de comércio, marcas, patentes, etc.);
  • Análise e acompanhamento da gestão financeira empresarial;
  • Análise do fluxo de caixa como suporte de decisão;
  • Análise de rentabilidade dos ativos;
  • Análise de retorno do patrimônio líquido;
  • Análise de estrutura de capital;
  • Determinação de valor econômico adicionado (EVA).
O post Avaliação Econômica apareceu primeiro em Avalor.

Avaliação Patrimonial
Jan 23rd 2012, 23:50

Quando imaginamos saber o verdadeiro valor de um bem, devemos tratar isto de forma clara e objetiva.
As avaliações patrimoniais definem o rumo a seguir, a tomada de decisão na hora de colocar um bem em alguma transação que envolva uma garantia hipotecária, financiamento, dação em pagamento, etc.
Quando avaliamos um bem, temos a responsabilidade de atribuirmos o valor justo, o valor Real e, para isso, uma série de fatores nos dão a convicção para chegar ao resultado final, ou seja, o valor correto do ativo.
A engenharia de avaliações tem como premissa a elaboração de laudos técnicos de avaliação, sendo ela responsável pela atribuição dos valores a serem buscados. Cabe ao Engenheiro e/ou arquiteto, a formação destes números através formatação da avaliação seguindo as diretrizes preconizadas pela Norma Brasileira de Avaliações, a NBR 14653.
Eticamente falando, quem avalia não deve transacionar os bens avaliados, ou ter qualquer interesse direto ou indireto sobre aquele imóvel ou móvel, resguardando assim, quaisquer que sejam as tendências à manipulação dos resultados.
Quando for avaliar seu bem, pense com carinho. Contrate uma empresa especializada, não aceite opiniões não fundamentadas ou de profissionais não habilitados para esta finalidade. Cuide bem de seu patrimônio.
Gestão do Patrimônio da Avalor
No serviço de Controle e Gestão Patrimonial – Avaliação Patrimonial – a Avalor disponibiliza aos seus parceiros e clientes as melhores práticas de gestão:
Consultoria dedicada na implantação de Gestão Patrimonial Contábil e de Seguros (Sistemas Integrados ao ERP);
Inventário físico cotejando os bens por Centros de Responsabilidade, local, posição, departamentos, assim por diante;
Emplaquetamento dos bens de conteúdo, utilizando etiquetas com código de barras e/ou numeradas, chips, tags especiais, etc.;
Descritivo técnico de cada item do patrimônio;
Conciliação físico e contábil;
Ajustes de sobras físicas x contábeis;
Reconstituição contábil visando as seguintes resoluções fiscais.
IN 68/86, CIAP, PIS/COFINS, FASB, IAS 16, FISCO, etc.
Diretrizes a serem tomadas de acordo com os impactos fiscais relacionados à Administração do Patrimônio.
Definições técnicas para determinação da vida útil remanescente.
Engenharia de Avaliações – Gestão Patrimonial – CREA/CONFEA
Todo o conceito de trabalho está baseado de acordo com as leis do sistema CONFEA, dentro das habilitações profissionais de cada execução.
A Avaliação patrimonial tem o objetivo de estabelecer os valores de reposição, depreciação e mercado de todos os bens móveis e imóveis que fazem parte do patrimônio da empresa, para a determinação do valor global do Ativo Imobilizado.
A Avaliação Patrimonial é fundamentada seguindo na íntegra as normas vigentes determinadas pela ABNT, a partir de metodologia específica utilizando os valores dos bens que agregam o patrimônio da entidade. O produto deste estudo são os laudos técnicos.
Toda e qualquer avaliação, deve ser fundamentada e desenvolvida através de diversos métodos usuais com nível de precisão e fundamentação.
ALGUMAS APLICAÇÕES: adequação ao IFRS, seguros, fusões, cisões, incorporações, financiamentos, teste de impairment (impairment test, ou ainda recuperabilidade), vida útil, valor econômico, renovatórias de aluguel, fundo de comércio, marcas e patentes, entre outras.
AJUSTES NA AVALIAÇÃO PATRIMONIAL
Segundo a lei 11.638, que veio alterar alguns dispositivos da lei 6.404/76, essa lei resulta a integralização do conceito Internacional para o Brasil, fazem uma única lei para todos.
A conta ajuste de avaliação patrimonial deve ser considerada como uma correção do valor de elementos do ativo e do passivo para melhor visualização patrimonial, com relação a seu valor de reposição, ou valor justo.
O objetivo deste Pronunciamento é estabelecer os requisitos básicos a serem observados quando da apuração do Ajuste a Valor Presente de elementos do ativo e do passivo quando da elaboração de demonstrações contábeis, dirimindo algumas questões controversas advindas de tal procedimento, do tipo:
Se a adoção do ajuste a valor presente é aplicável tão somente a fluxos de caixa contratados ou se, porventura, seria aplicada também a fluxos de caixa estimados ou esperados;
Em que situações são requeridas a adoção do ajuste a valor presente de ativos e passivos, se no momento de registro inicial de ativos e passivos, se na mudança da base de avaliação de ativos e passivos, ou se em ambos os momentos;
Se passivos não contratuais, como aqueles decorrentes de obrigações não formalizadas ou legais, são alcançados pelo ajuste a valor presente;
Qual a taxa apropriada de desconto p/para um ativo ou um passivo e quais os cuidados necessários para se evitarem distorções de cômputo e viés;
Qual o método de alocação de descontos (juros) recomendado;
Se o ajuste a valor presente deve ser efetivado líquido de efeitos fiscais.
O post Avaliação Patrimonial apareceu primeiro em Avalor.

Avaliação de Imóveis
Jan 23rd 2012, 22:24
 
Avaliação de Imóveis</ p>  
Avaliar o patrimônio é uma tarefa que requer seriedade e competência, seja na avaliação de imóveis, bens móveis ou intangíveis alheios. Nessa atividade, o profissionalismo irrepreensível e a constante atualização tecnológica, adquirida ao longo dos anos, leva à precisão, aos valores venais e locativos dos bens avaliados, fundamentais para um bom negócio.</ p>
Veja alguns de nossos serviços:</ p>
Avaliações de imóveis residenciais, comerciais e industriais;</ p>
Avaliações de terrenos e glebas urbanas;</ p>
Avaliações de imóveis rurais, culturas e semoventes;</ p>
Avaliações de complexos industriais;</ p>
Avaliações de máquinas, equipamentos, móveis e utensílios;</ p>
Avaliações de veículos.</ p>  
O que é o serviço de Avaliação de Imóveis?</ p>
É a precisão e fundamentação técnica do valor de mercado dos bens ou de direitos sobre eles, o que denominados intangíveis. Esta definição é feita dentro de procedimentos técnicos e normativos, para a determinação das análises de valor.
Os bens materiais são os imóveis urbanos, rurais e industriais, os veículos, as máquinas e equipamentos, o cultivo agrícola e os semoventes.
Na categoria dos intangíveis, estão incluídos o fundo de comércio, os lucros cessantes, as marcas e patentes.
    Quem pode fazer Avaliações de Imóveis?
A avaliação de imóveis forma um extenso campo profissional reservado aos engenheiros e arquitetos especialistas na área de engenharia econômica e de avaliação.
A Resolução nº 218 do CONFEA fixa as atribuições profissionais do engenheiro, arquiteto e engenheiro agrônomo nas diversas modalidades e, conforme a Resolução nº 345 do CONFEA, são de atribuição privativa dos engenheiros — em suas diversas especialidades — dos arquitetos, dos engenheiros agrônomos, dos geólogos, dos geógrafos e dos meteorologistas, devidamente registrados nos Conselhos Regionais de Engenharia, Arquitetura e Agronomia – CREA. As atividades de vistorias, perícias, avaliações e arbitramentos relativos a bens móveis e imóveis, bem como, suas partes integrantes e pertences, como máquinas e instalações industriais, obras e serviços de utilidade pública, recursos naturais e bens e direitos que, de qualquer forma, para a sua existência ou utilização, devem ser de atribuição dessas profissões.
Qual o objetivo da Avaliação de Imóveis?
É a determinação técnica do valor de um imóvel ou de um direito sobre ele, empregada em uma variedade de situações, dentro e fora do âmbito judicial, tais como, inventários, dissolução de sociedade, operações de compra e venda, aluguel, cobrança de tributos, seguros, hipotecas, estudos de dinâmica imobiliária e outros.
Qual tipo de imóvel urbano pode ser objeto de uma avaliação?
Podem ser avaliados terrenos para habitação ou comércio, glebas urbanizáveis, casas, apartamentos, salas comerciais ou prédios industriais.
O que o Engenheiro de Avaliações deve conhecer?
Para que seja feita uma boa avaliação, o profissional deve conhecer não somente as ferramentas matemáticas envolvidas no cálculo, mas também o funcionamento do mercado onde o imóvel está situado.
Qual é a melhor maneira de se Avaliar um imóvel?
Existem vários métodos para se encontrar o valor de mercado de uma propriedade. O melhor caminho é a comparação direta com dados de transações de imóveis semelhantes, efetuadas na mesma época em que se necessita encontrar o valor. Nem sempre isto é possível, principalmente quando se trata de imóveis singulares, tais como grandes prédios comerciais e industriais. Nestes casos, devem ser aplicados outros métodos.
O que é o valor de um bem?
Um dos aspectos fundamentais na Engenharia de Avaliações é o entendimento do conceito de valor. A Avalor Engenharia estuda os mecanismos de formação dos valores de um bem, relacionando os diferentes aspectos da questão. Somente com a compreensão preliminar do fenômeno, poderá o profissional estar apto para buscar sua quantificação.
Existem várias definições e interpretações para valor, valor de mercado e preço.
Qual a diferença entre valor e preço?
O valor é intrínseco ao bem e depende das variáveis de mercado, de ambiente e das técnicas adotadas para sua determinação. Ele pressupõe uma situação de negócio entre as duas partes envolvidas, de modo que não haja qualquer pressão externa sobre elas.
O preço depende da situação do negócio, dos interesses pessoais e comerciais das pessoas e instituições envolvidas no processo e este, sim, sofre pressões externas.
Deve ser lembrado que o valor é único, para um determinado momento e situação de mercado. A Norma diz: "O valor a ser determinado corresponde sempre àquele que, num dado instante, é único, qualquer que seja a finalidade da avaliação. Esse valor corresponde, também, ao preço que se definiria em um mercado de concorrência perfeita…".
O valor não é característica do bem a ser avaliado, podendo variar, porém, se considerarmos um determinado momento, ele é único.
O preço, ao contrário, é múltiplo, variando em uma faixa de acordo com os agentes da negociação e, também, está sujeito a flutuações de curto prazo, tais como as decorrentes de situações econômicas, campanhas publicitárias, novos empreendimentos ou perspectiva de alterações na legislação.
Os números obtidos nas pesquisas de transações consistem, na verdade, de uma faixa de preços, cuja média ou "valor mais provável" é o que chamamos de "valor de mercado".
Por que contratar uma empresa de avaliação de imóveis?
Para obter uma noção clara e isenta do que realmente valem os bens, bem como, para atuar nas diversas situações em que se requerem determinações de valores por parte de alguém que não está envolvido diretamente no negócio.
A avaliação de imóvel também é prevista em lei para algumas situações, como a reavaliação do ativo imobilizado e as peritagens conciliatórias. É recomendado que sempre se busque uma correta avaliação de um imóvel para que, após saber seu valor, se coloque à venda ou locação.
Quais as formas de se avaliar um bem?
A melhor forma é por comparação com imóveis semelhantes, conhecido como método Comparativo direto de Dados de Mercado.
Este é o melhor método para a avaliação de imóvel, mas depende da existência de transações do mesmo tipo de imóvel, na mesma época e localização espacial, e em quantidade suficiente para possibilitar a análise dos valores. Os valores de transações com imóveis semelhantes são a maior evidência de mercado para outro imóvel. Havendo dados, é preciso obter um valor médio. Geralmente, é uma média ponderada, visto que os imóveis são sempre diferentes uns dos outros.
Não é possível simplesmente extrair a média aritmética. Esta média pode ser feita por aproximação ou "ao sentimento", se for uma avaliação dentro do nível relacionado ao Parecer Técnico, por homogeneização de fatores, se for ao nível Normal ou por inferência estatística, para o nível de Precisão e Fundamentação I, II ou III.
O método é baseado na análise de informações sobre preços de propriedades comparáveis com a que está sendo avaliada. Os avaliadores precisam conferir as condições em que são feitas as transações para verificar se os preços não estão destoando do mercado. Segundo a norma de avaliações (NBR 14653), uma avaliação poderá estar enquadrada em um dos seguintes graus de fundamentação e Precisão: I ou II ou III.
Quais os outros métodos de avaliação?
Não existindo dados para comparação, podem ser empregados os métodos da Renda, Residual, Involutivo e de Custo de Reprodução, que buscam o valor por meio de outras evidências. São aproximações a serem utilizadas apenas em caso de necessidade.
O post Avaliação de Imóveis apareceu primeiro em Avalor.












Teste de Impairment – Impairment Test – Recuperabilidade de Ativos
Jan 26th 2011, 16:15

Considerações Gerais: Engenharia de Avaliações, Impairment e Avaliação Patrimonial
As alterações, definidas pela Lei nº 11.638/07, abrangem, ao contrário do que muitos pensam, todas as empresas e não apenas aquelas consideradas de grande porte. Isso ocorre porque as mudanças foram ratificadas pelo Conselho Federal de Contabilidade, que é o órgão responsável pelas normas contábeis em vigor no país. Desta forma os pronunciamentos técnicos emitidos pelo CPC, com vistas à uniformização das normas contábeis ao padrão internacional, tem-se transformado em Resoluções do CFC, criando novas ou alterando as atuais Normas Brasileiras de Contabilidade.
Impairment é uma palavra em inglês que significa, em sua tradução literal, deterioração. Tecnicamente trata-se da redução do valor recuperável de um bem ativo. Na prática, quer dizer que as companhias terão que avaliar, periodicamente, os ativos que geram resultados antes de contabilizá-los no balanço. Cada vez que se verificar que um ativo esteja avaliado por valor não recuperável no futuro, ou seja, toda vez que houver uma projeção de geração de caixa em valor inferior ao montante pelo qual o ativo está registrado, a companhia terá que fazer a baixa contábil da diferença.
Através da Resolução CFC 1.110/07, foi aprovada a NBC T 19.10 que trata da Redução ao Valor Recuperável de Ativos. Esta Norma é de natureza geral e se aplica a todos os ativos relevantes relacionados às atividades industriais, comerciais, agropecuárias, minerais, financeiras, de serviços e outras. Estende-se aos ativos dos balanços utilizados para equivalência patrimonial e consolidação.
A norma contábil ainda menciona que a entidade deve avaliar, no mínimo ao fim de cada exercício social, se há alguma indicação de que um ativo possa ter sofrido desvalorização. Desta forma, se houver alguma indicação, a entidade deve estimar o valor recuperável do ativo. Este ajuste, com certeza irá alterar os dados dos balanços publicados ou emitidos pelas empresas, mas em contrapartida, contribui para a melhoria das políticas contábeis e aumenta a transparência dos demonstrativos, dando muito mais segurança aos investidores estrangeiros que terão acesso à novas oportunidades de investimento.

O post Teste de Impairment – Impairment Test – Recuperabilidade de Ativos apareceu primeiro em Avalor.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...